Vamos falar sobre: feminismo? (parte 1)

Nós mulheres, fomos ensinadas desde muito pequenas alguns valores, crenças e costumes de uma forma bem diferente do que os homens são ensinados. Crescemos acreditando que, qualquer coisa que dê errado em nossas vidas, qualquer erro, situação,  que não aconteça “direito”, a culpa é inteiramente nossa, e devemos ficar tristes com isso, sem o incentivo para que nos avaliássemos e mudássemos para acertar. Porque muitas de nós não foram ensinadas a tentar novamente, a refazer o exercício, a ação, a fala. Muitas de nós não foram ensinadas a lidar com nossos erros de forma normal, natural, não podemos errar, temos que ser, de certa forma, “invencíveis”.  “Invencíveis”, quando isso não afetar o outro sexo “dominante”, que precisa de alguém dependente e frágil para “cuidar”, “proteger”, “amparar”.

Leia mais »

Receitas fáceis sem glúten, carne e lactose

Devido a pedidos venho aqui dar algumas dicas veganas durante o dia. Considerando 4 refeições. Priorizei receitas mais rápidas, fáceis e práticas, vamos as receitas.

Leia mais »

Anúncios

Vamos falar sobre fascismo?

Obedecendo a votação do Instagram, desde que 95% dos votos foram a favor de uma postagem sobre fascismo aqui estamos. Desde que criei o Intolerâncias Internacionais na outra plataforma venho querendo escrever sobre este tema, porém, falar sobre o fascismo requer tanto estudo quando qualquer outro post que fiz e farei neste site, só que um pouco mais cauteloso, com um cuidado especial. E qual a razão de ter cautela para falar sobre este tema? É porque não sabemos realmente o que é o fascismo, por quê e como ele surge. E assusta, porque ele pode estar mais próximo de você do que imagina. Além de termos muitos sensos comuns relacionados, o que dificulta o entendimento do tema.Leia mais »