Segundo a Prof. Dra. Kilvia Mesquit. Doutora em Economia pelo curso de Pós-Graduação em Economia – CEDEPLAR da Universidade Federal de Minas Gerais. Mestre em Economia pelo curso de Pós-Graduação em Economia – CAEN da Universidade Federal do Ceará. Graduada em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Ceará. Professora Adjunta da Universidade Federal do Ceará – Campus de Sobral/Ceará. Experiência na área de Economia, com ênfase em Economia da Saúde, Avaliação de Políticas, Métodos e Modelos Matemáticos, Econométricos e Estatísticos e Macroeconomia.

                                                              Salário Nominal x Salário Real

A diferença básica entre estas variáveis é que salário nominal é aquele que foi fornecido isoladamente e não pode ser parâmetro de comparação porque de um ano para outro o fenômeno da inflação (aumento contínuo e generalizado de preços em uma economia em determinado período) atrapalha a análise. Complicou? Melhorando a explicação:

Tudo no mundo se compara: empregos, roupas, carros, professores de concurso, sua atual com a ex… Em economia não é diferente, só dá pra saber se o salário de hoje é melhor que do ano passado se puder compará-los, mas, em termos REAIS!!!

Você só poderá saber se está ganhando mais ou menos em relação ao ano passado se você puder comparar seu salário nos 2 períodos, no entanto, se houve inflação no período significa que R$300,00 em 2007 não compram os mesmos bens e serviços que R$300,00 em 2008.

Para comparar é preciso ‘tirar a inflação da jogada’, ou seja, DEFLACIONAR a variável através de um índice de preços, sendo assim:

Variável Real = Variável Nominal/Índice de Preços (deflator)

É o deflator que tira o efeito corrosivo da inflação da série, daí, fica fácil comparar…

Exemplo 1: Você tem R$5,00 hoje e vai para uma padaria, compra 5 pães, 5 ovos e 1 litro de leite. Um mês depois você vai à mesma padaria com os mesmos R$5,00, mas só traz para casa 4 pães, 4 ovos e 1 litro de leite. Em termos NOMINAIS os R$5,00 permanecem os mesmos, mas em termos REAIS (comparativos) os R$5,00 tem um menor valor de compra.

Escrito por

Katlen Carvalho | Intolerâncias Internacionais

Internacionalista apaixonada por segurança internacional, inteligência e cenários estratégicos que não come carne, glúten ou lactose.