Porque devemos falar de meio ambiente?

Quase na reta final de assuntos a serem debatidos nas propostas dos candidatos nestas eleições, chegamos em um assunto um tanto quanto delicado, afinal de contas, o que é o Meio Ambiente e qual as razões de ser tão importante?

 A Lei de 1981 n° 6.938, define pela primeira vez uma Política Nacional de Meio Ambiente, definindo-o como uma interação de ordem química, física e biológica que permite, abriga e rege a vida em todas as suas formas. Essa Lei teve consequência para a criação de outra n° 7.347 que fala que é possível ser processado se houver alguma lesão ou ameaça de lesão ao meio ambiente [..]. É uma discussão que vem do meio internacional de considerar o Meio Ambiente um direito humano de 3ª geração. A discussão sobre o tema vem desde a Declaração de Estocolmo de 1972, o Relatório de Brundtland de 1987 (este relatório prevê uma tal de responsabilidade inter geracional, que irei abordar no decorrer deste post). Sendo assim surge dentro da Constituição de 1988 o artigo 225 que considera o Meio Ambiente como Direito Humano, e por consequência fazendo surgir uma Ecopolítica Nacional.

Fique acompanhando o blog para saber mais sobre Direitos Humanos no Brasil, o próximo post do mês eleitoral do Intolerâncias Internacionais.

Esta introdução é necessária porque precisamos falar de alguns conceitos como responsabilidade sócio ambiental e responsabilidade inter geracional. Desde 1972, de Estocolmo se viu a necessidade de discutir sobre o Meio Ambiente, lembre que temos um contexto pós-Segunda Guerra Mundial, pós-processo de Industrialização dos países desenvolvidos, o que ocorre é que depois de todo o dano que foi feito ao Meio Ambiente as consequências começam a aparecer, nem sempre em seu próprio território, mas toda a poluição irá ter consequências em algum lugar.

linha do tempo
Linha do tempo das Conferências Internacionais sobre o Meio Ambiente sem a Rio+20.

Surge então o conceito de Responsabilidade Sócio Ambiental, que segundo o site do Ministério do Meio Ambiente“está ligada a ações que respeitam o meio ambiente e as políticas que tenham” a sustentabilidade como um dos principais objetivos. “Todos são responsáveis pela preservação ambiental: governos, empresas e cada cidadão”. dsePortanto, essa responsabilidade significa que todos têm o dever de respeitar e preservar o meio ambiente. Logo em seguida temos o conceito de Responsabilidade Inter Geracional, que de forma simples significa que é possível poluirmos um tanto agora, desde que deixemos o planeta e o meio ambiente nas mesmas condições ou em condições melhores para que as gerações futuras possam usufruir tanto quanto nós pudemos do meio ambiente. E o último conceito fundamental antes de discutirmos sobre este tema é o de Desenvolvimento Sustentável, que é resumido na seguinte frase: “você pode se desenvolver como Estado, desde que este desenvolvimento não cause danos irreversíveis ao meio ambiente, danos que prejudicarão as gerações futuras e aos outros seres da natureza”. Em resumo, é conciliar o meio ambiente com o desenvolvimento econômico, harmonizar esse desenvolvimento com a proteção ambiental.

A partir destes conceitos vamos falar da importância do Meio Ambiente.

Este Meio Ambiente é tudo que nos cerca, meio ambiente natural (matas, florestas, rios, oceanos, árvores, animais, humanos) e meio ambiente artificial (meio ambiente do trabalho, da família, da escola, dos amigos), é nosso dever conservá-lo e protege-lo pois é o que nos cerca. Então é de suma importância que valorizemos o que a Terra nos provê. O ser humano é ótimo em sua capacidade de destruição, de provocar ao máximo a capacidade da Terra, porém também somos ótimos no quesito proteção, mobilização. Por isso é fundamental que todos nós tomemos consciência que para termos um futuro melhor, para termos um futuro, precisamos parar de gastar recursos não renováveis, que poluem a natureza, que são a causa de desastres ambientais por ação antrópica (ou seja, do homem).

Com tanta tecnologia e meios de pesquisa podemos substituir o modelo consumista que não pensa na proteção ambiental, podemos trocar as fontes de energia por fontes renováveis, é possível um desenvolvimento pautado em sustentabilidade e proteção ambiental. Quantas espécies já foram extintas por causa da influência do homem em seu habitat natural? Quantos milhões de árvores já foram cortadas para o plantio de produtos transgênicos com pouca pesquisa e provavelmente milhares de danos aos seres humanos e não humanos?

Alguns exemplos de destruição pelo homem para os curiosos:

1950: Baía de Minamata, Japão, uma empresa se instala nesta baía e começa a jogar mercúrio na água, a consequência foi a morte de pessoas e animais, causando doenças e condições físicas. Um dos ícones que começa a revolução ambiental é Tamiji Matsuda.

1984: Bhopal, Índia, maior derramamento de gás tóxico, foram cerca de 250 km2 alcançados, cerca de 100 mil pessoas morreram.

1986: Chernobyl, desastre nuclear, nada dentro do raio de 186 km sobreviveu.

1989: derramamento de petróleo pela empresa ExxonMobil no Alasca, EUA.

Este item dentro do cronograma é para nos sensibilizar, para que cada um pense qual o futuro que queremos, não basta economizarmos água quando formos lavar a louça ou tomar banho, precisamos rever outras coisas. Como a questão dos canudos, recuse um canudo de plástico, compre o seu canudo sustentável ou peça um canudo de papel no bar da esquina, todas as lojas trabalham com a demanda, se a demanda de canudos de plástico e produtos não recicláveis e poluentes baixar, e aumentar os produtos pouco poluentes e sustentáveis, o mercado passará a atender este tipo de demanda. Quando for escolher seus candidatos opte pelos que forem coerentes com seus cargos e que tenham políticas conscientes e boas em todos os aspectos e que não deixem o Meio Ambiente de fora.

Dica do Intolerâncias Internacionais: não deixe de ler todos os textos anteriores pois, a partir de segunda-feira (20/09/2018) começam as postagens de análise das propostas dos Governadores, Senadores e Presidenciáveis.

Até o próximo post.

bye janet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s